Carregando Eventos

« Todos Eventos

Nova Turma – 2020 – Curso de Antroposofia para profissionais da área da saúde – CB 19

21 março - 22 março

1º módulo – Os quatro reinos da natureza e os quatro corpos suprassensíveis – Quadrimembração do Ser Humano

Docente: Dra. Carmen Ligia Cucê Nobre

Quadrimembração: Em uma perspectiva complementar, o homem é visto como um ser que compartilha semelhanças com os reinos mineral, vegetal e animal, mas que também distingue-se deles pela presença da autoconsciência e da individualidade. Neste sentido, o homem é portador de quatro estruturas essenciais, também chamadas de “corpos” no vocabulário antroposófico, os quatro corpos suprassensíveis: corpo físico (elemento mineral, sólido e inerte); corpo vital ou etérico (que é formado pelas forças que possibilitam o desenvolvimento de todos os processos vitais: crescimento celular, regeneração e reprodução, entre outros); corpo anímico, alma ou corpo astral (que é formado pelas forças da consciência que estão presentes no reino animal e no ser humano como fundamento para uma vida sensitiva); e a organização do eu (que é o elemento característico do ser humano que o distingue dos demais reinos e seres da natureza; é o responsável pela atuação saudável dos demais corpos e pelo aparecimento do andar ereto, da fala, do pensar e da individualidade).

Uma das manifestações importantes da quadrimembração é o conhecimento sobre os quatro temperamentos, como os quatro corpos suprassensíveis expressam-se na corporalidade do ser humano, conhecimento que remonta à Medicina greco-galênica, muito importante para a abordagem das crianças pela Antroposofia, tanto na Medicina quanto na Pedagogia (MUTARELLI, 2006).

  • temperamento melancólico está relacionado ao elemento terra e caracteriza-se por crianças mais introspectivas, quietas e de comportamento por vezes tristonho.
  • temperamento fleumático está relacionado ao elemento água e manifesta-se em crianças mais sonhadoras, plácidas, que tendem a apreciar bem os alimentos, chegando a ser comilonas.
  • temperamento sanguíneo está relacionado ao elemento ar e caracteriza-se por crianças que são muito ativas, extrovertidas e que estão sempre em movimento.
  • temperamento colérico está relacionado ao elemento fogo e manifesta-se em crianças que assumem precocemente a liderança nos jogos e em outras atividades.

Uma das tarefas do médico escolar, prevista pela Pedagogia Waldorf, é contribuir com os professores nas intervenções terapêuticas, por meio de exercícios e orientações aos pais, buscando o equilíbrio dos temperamentos nessa faixa etária (BOTT, 1982; GOEBEL; GLÖECKER, 2002).

Detalhes

Início:
21 março
Final:
22 março

Organizador

ABMA-SP
Telefone:
011 5522-4744

Local

Casa de Rudolf Steiner
Rua Pereira Leite, 156
São Paulo, São Paulo 05442-000 Brasil
+ Google Map
Telefone:
(11) 5522-4744