Dra. Gudrun Burkhard - Uma Corajosa Pioneira

ABMA - Dra. Gudrun BurkhardA chegada da Antroposofia no Brasil ocorreu no período pós 1ª Guerra Mundial, com a formação de áreas colonizadas por imigrantes alemães na região sudeste do Brasil, com destaque para a região sul da cidade de São Paulo. O bairro de Parelheiros tem ainda sinais vivos dessa formação social. A pioneira do nosso movimento médico antroposófico é a Dra. Gudrun K. Burkhard, formada pela Universidade de São Paulo, começando a clinicar em 1956. A Dra. Gudrun reside atualmente em Florianópolis, onde trabalha ativamente na formação de terapeutas biográficos. Autora de inúmeras literaturas, dentre elas, "Novos Rumos da Alimentação" e "Bases Antroposóficas da Metodologia Biográfica".

A Clínica Tobias

Em 1969, com o apoio da Associação Beneficente Tobias, a Dra. Gudrun inaugura a primeira clínica de Medicina Antroposófica no Brasil, a Clínica Tobias, situada no bairro Alto da Boa Vista na capital de São Paulo, com oito leitos para internação. A Clínica Tobias passa a congregar um significativo número de médicos antroposóficos, além de profissionais das terapias antroposóficas (terapia artística, massagem rítmica, euritmia e outras) e torna-se responsável pela formação de aproximadamente 80 médicos de várias regiões do Brasil, especialmente Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e também alguns médicos do exterior. Em 1993, a Clínica Tobias modifica sua dinâmica de trabalho, passando a atuar apenas no atendimento ambulatorial. Atualmente, além da sede da ABMA Regional São Paulo, abriga também uma área de consultórios particulares, cursos de formação em Medicina Antroposófica e outras formações da Antroposofia.

O Movimento se expande

Em 1982, nasce a Associação Brasileira de Medicina Antroposófica, a ABMA, graças ao estímulo dos médicos Alexander e Rita Leroi. Em 10 de Dezembro de 1993, após processo consulta 1818/93 ao CFM (Conselho Federal de Medicina), a Medicina Antroposófica é reconhecida como prática médica através do parecer 21/93. Em 1994 a ABMA inicia o 1º Curso de Formação em Medicina e Terapias Antroposóficas em São Paulo, nos moldes de Especialização Sensu Lato. A partir de 1998 inicia-se a formação das regionais da ABMA, o que possibilita a iniciativa de cursos de formação em outros estados do Brasil.