A Associação Brasileira de Medicina Antroposófica Regional São Paulo (ABMA-SP) inaugurou, no último dia 17, a sua nova sede, Casa de Rudolf Steiner (CRS), no bairro Sumarezinho, região oeste da capital.

A solenidade contou com a presença dos homenageados Dr. Bernardo Kaliks, Dra. Sonia Setzer, bem como com a presença de representantes da Sociedade Antroposófica no Brasil através do 1ºsecretário Dr. Derblai Sebben e do diretor Sr. José Mário Ferreira. O evento reuniu diversos amigos, associados e membros de outras instituições antroposóficas.

Segundo Dra. Luciana Antonioli, atual presidente da ABMA-SP, há exatamente quatro anos atrás inauguravam a primeira Casa de Rudolf Steiner na Vila Madalena. Naquele momento a Regional SP precisava de um local para a realização dos estágios dos alunos médicos e prestar serviços médicos à população da cidade de São Paulo.

Nestes tempo que a Casa de Rudolf Steiner passou na Vila Madalena, chegou ao máximo de utilização de seus consultórios e precisava de um local maior. Então, em fevereiro de 2017 ocorreu a mudança para o novo endereço, rua Pereira Leite 156, a 800m do metrô Vila Madalena (1.000m da antiga sede). No mês de fevereiro, iniciou-se o processo de adequação da estrutura para suprir as necessidades da ABMA-SP, local para realização dos cursos, quatro consultórios para os estágios médicos e atendimento à população de São Paulo.

Para a diretoria da ABMA-SP, a conquista é decorrente da "necessidade de atender com conforto à demanda da nossa comunidade". Na nova Casa de Rudolf Steiner podem ser realizados eventos com capacidade para até 80 pessoas. Agora os cursos de antroposofia para profissionais da área da saúde e o curso de formação em Medicina Antroposófica acontecem na nova sede. A presidente acrescenta que "a comunidade da antroposofia tem um novo espaço para eventos".

O estudo de Antroposofia mantém-se com o Ramo Madalena da Sociedade Antroposófica no Brasil às terças feiras a noite e neste mês iniciou-se um grupo de estudos médicos sobre a Fisiologia Oculta, quinzenal, organizado pela Dra. Cândida Costa (coordenadora do CB 16) e Dra. Luciana Boyance (coordenadora do FM 15).

A diretoria agradeceu a presença de todos para comemorar este momento de alegria nesta nova etapa que se inicia. Em seus agradecimentos fez menção ao representante dos médicos e terapeutas da Clínica Tobias, Dr. Antônio Carlos Aranha, pelos momentos que a ABMA-SP utilizou a Clínica para a realização dos cursos.

Na solenidade de inauguração a Dra. Sonia Setzer foi homenageada pela diretoria da ABMA-SP com a inauguração da Biblioteca Sonia Setzer na nova CRS. Ela relembrou a biografia da Ita Wegman e sua trajetória profissional. Contou sobre o encontro de Ita Wegman com Rudolf Steiner, de como surgiu a pergunta sobre uma medicina baseada nos mistérios, e do início da estruturação da medicina baseada na antroposofia e do livro Bases Fundamentais, escrito em conjunto. Faz um paralelo entre o impulso médico de Ita Wegman e os fundamentos antroposóficos desenvolvidos por Rudolf Steiner e a importância do encontro entre o trabalho medico-terapêutico exercido na Casa de Rudolf Steiner e os estudos antroposóficos realizados pelo Ramo Madalena.

Na sequência, Dr. Bernardo Kaliks, também homenageado pela atual diretoria com a inauguração da Sala Bernardo Kaliks, falou sobre o encontro médico (terapeuta) e paciente como um ato baseado na confiança. O tema da confiança foi estendido ao grupo de trabalhos da atual diretoria da ABMA- SP, ressaltando a importância desta qualidade entre os membros na formação de uma comunidade antroposófica, bem como do forte impulso que culminou com a realização desta Casa antroposófica que reúne atividades médicas e terapêuticas. Ressaltou a importância da presença recente no Brasil do Dr. Peter Selg e da sua visita a nova Casa de Rudolf Steiner em março. Contou que há tempos Dr. Peter Selg traduzia uma meditação inédita de Rudolf Steiner. Por fim, presenteou a todos naquele momento com a leitura da tradução desta preciosidade.

Dr. Derblai Sebben parabenizou a atual diretoria da ABMA-SP ressaltando a qualidade de cada membro. O esforço em conjunto levou a conquistarem o novo espaço e as demais ações. Aproveitou para trazer a questão de como conseguimos conviver em harmonia em uma comunidade. Relembrou as dificuldades dos relacionamentos humanos dentro do movimento antroposófico culminando com a expulsão da Dra. Ita Wegman da Sociedade Antroposófica, e da importância de se constituir um movimento de integração entre os membros.

Finalizando Marcos Curi, tesoureiro da ABMA-SP, reafirmou o compromisso da atual diretoria em trabalhar em prol da comunidade. Fez um agradecimento especial aos colaboradores da ABMA, responsáveis pelo sucesso do evento.

Finalizada a noite de comemorações e confraternização com comidinhas e brindes em homenagem a nova CRS.


Rua Pereira Leite, 156 - Sumarezinho - São Paulo - 05442-000 - Tel.: 11 5522-4744